Você já pensou em como um ecossistema inteiro pode caber dentro de um potinho? Essa é a ideia principal dos terrários. São mini-jardins cultivados em recipientes fechados que propiciem todas as condições necessárias para a sobrevivência daquelas espécies. Com pompa de futuristas, eles, na verdade, datam de mais de dois séculos e podem ter leituras variadas.

Terrário aberto

Terrário a venda na Flora de Série

Terapêuticos e decorativos, eles são — em sua maioria — autossustentáveis, ideais para quem quer um mini ecossistema para chamar de seu, mas não tem muito tempo para se dedicar a ele. Os terrários podem ser abertos ou fechados, a depender do tipo de vegetação escolhida para ele, mas o certo é que os dois estilos exigem pouquíssima manutenção e podem ser mantidos facilmente em casa ou apartamento. 

Terrarios

Terrários fechados a venda na Flora de Série

Que tal se aventurar um pouco pelo universo dos terrários e saber como montar e cuidar do seu? Continue a leitura!

A história dos terrários

Foi para estudar o ciclo das borboletas que o pesquisador Dr. Ward montou o primeiro protótipo de um terrário, há mais de duzentos anos atrás. Ele queria acompanhar de perto as mudanças de fase do inseto, mas acabou descobrindo um ambiente propício para o nascimento e o desenvolvimento de diversas plantas. 

Na época, as estruturas foram chamadas de Wardian Cases e foram bastante utilizadas no transporte de fauna intercontinental. Estudiosos da Europa estavam interessados em conhecer melhor as espécies brasileiras, mas até então não sabiam como fazer com que as plantas sobrevivessem às longas viagens de navio. 

Como montar terrários

A montagem de um terrário exige, basicamente, um recipiente de vidro (aberto ou fechado), terra, musgos, pedras ou cascalhos e as plantas escolhidas. O vaso pode ser novo, mas a montagem fica ainda mais charmosa com o reaproveitamento de materiais como aquários, redomas potes e até taças!

mini terrearios

Mini Terrários a venda na Flora de Série

Lave o reservatório e acrescente na seguinte ordem: as pedras e cascalhos, o musgo e a terra. Em seguida, plante as espécies escolhidas e regue com pouca água. As versões áridas (com cactos e outras plantas de tempo seco) devem ser instaladas em um recipiente com abertura. Por outro lado,as espécies úmidas (como samambaias e begônias) devem ficar em um ambiente fechado. O vaso deve ser profundo o suficiente para o desenvolvimento das raízes e é importante escolher plantas que tenham necessidades parecidas.

Cuidados com os terrários

Os terrários são estruturas muito fáceis de manter. Os ecossistemas fechados não precisam ser regados, enquanto os aberto precisam receber água cerca de uma vez por mês. É preciso escolher um local com iluminação adequada, de acordo com as necessidades das plantas daquele ecossistema. 

Mini Terrário em frasco – Flora de Série

Um cuidado fundamental é o de retirar dos terrários plantas que apresentem fungos, mofos e outras doenças. As plantas que estiverem murchas também devem ser retiradas. Ocasionalmente, também pode ser interessante abrir o terrário para que ele ventile. Isso deve ser feito principalmente se houver manchas de condensação de água nas paredes.

Plantas na decoração

Muito mais do que elementos decorativos, ter plantas na decoração ajuda a criar um clima de tranquilidade e aconchego. Isso traz bem-estar e um pouco de contato com a natureza. Com isso em mente, os terrários ou as air plants, são ideais para quem não tem tempo ou espaço para cultivar um jardim extenso, sem deixar de lado todos os benefícios que as plantas podem trazer para o dia a dia! Acompanhe o nosso blog e instagram, e veja mais dicas sobre o universo das flores.

Air Plant

Air Plant vendida aqui na Flora de Série

WhatsApp chat